Araujo e Fazzito

Notícias

09 de jan de 2018

A Lesão Cerebral Traumática (LCT) é a principal causa de mortalidade em jovens adultos e uma das principais causas de morte e deficiência em todo o mundo. Estatísticas também apontam que, nos países de alta renda, está cada vez maior a quantidade de pessoas idosas com LCT, principalmente por conta de quedas. Enquanto nos países de baixa ou média renda, a m...

04 de jan de 2018

Publicados no The New England Journal of Medicine, dois novos estudos sobre uma nova classe de drogas contra enxaqueca estão se mostrando promissores. A enxaqueca crônica pode ocorrer até 15 vezes em um único mês, podendo ter duração de várias horas e até dias, dependendo do quadro de cada paciente.

As drogas em...

02 de jan de 2018

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença crônica que atinge, em sua maioria, mulheres jovens tendo como consequência a velhice precoce. Agora cientistas israelenses descobriram que o distúrbio pode estar ligado a um risco 50% maior de demência. Ao estimular o sistema imunológico de forma excessiva, o lúpus pode afetar rins, pulmões, pele, articula...

28 de dez de 2017

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que, atualmente, o número de portadores de demência em todo o mundo chega a 47 milhões. A doença atinge, principalmente, pessoas acima dos 60 anos, afetando suas funções cognitivas, a memória e a capacidade de realizar as atividades do dia a dia.

O mal de Alzheimer está entre...

21 de dez de 2017

A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) afirmou que houve crescimento na quantidade de mulheres vítimas fatais por Acidente Vascular Cerebral (AVC) entre os anos de 2010 e 2015. Mais conhecidos como derrames, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que esses AVCs são os principais responsáveis por incapacidade em todo o mundo, sendo causados, em sua ma...

19 de dez de 2017

Durante o 7º Encontro Conjunto do Comitê Europeu para o Tratamento e Pesquisa em Esclerose Múltipla (ECTRIMS), que ocorreu em Paris no último mês de outubro e contou com a participação da Dra. Mirella Fazzito, foram discutidas diferentes abordagens para possibilitar que pacientes com Esclerose Múltipla (EM) possam monitorar a doença por meio de algoritmos online. Na sessão