Perda auditiva pode aumentar o risco de depressão em idosos | Araujo e Fazzito

18 de abr de 2019

Perda auditiva pode aumentar o risco de depressão em idosos

Pesquisadores da Universidade de Columbia, nos EUA, avaliaram mais de 5 mil pessoas com idade acima de 50 anos, para descobrir a relação entre a perda auditiva e a saúde mental dos idosos. Os participantes realizaram testes de audição e responderam questões sobre os sintomas da depressão. O resultado final apontou que a perda desse sentido gera maior risco de depressão na terceira idade.

Segundo os dados divulgados pelos autores da pesquisa, os indivíduos com perda auditiva leve estão duas vezes mais propensos a sofrer com os sintomas da depressão, e aqueles com perda auditiva severa estão quatro vezes mais propensos à enfermidade.  Isso ocorre porque a perda de audição faz com que os indivíduos se isolem, e a ausência de sociabilidade tem grande influência no surgimento da depressão.

A depressão em idosos é caracterizada por crises de ansiedade e dores físicas (o que já é bastante comum devido ao avanço da idade). Com relação à perda auditiva, apesar de comum conforme o envelhecimento é possível preveni-la com alguns cuidados. Evite locais com muito barulho e procure não ouvir música alta. Caso não seja possível evitar o volume excessivo, é importante utilizar as proteções necessárias.

Fonte: Portal Terra

Notícias relacionadas

23 de maio de 2019
Contabilizando mais de 300 milhões de casos em todo o mundo, a depressão tem sido tema de diversos estudos dentro e fora do Brasil, que buscam respostas sobre como preveni-la. Os exercícios físicos estão no topo da lista dos métodos de prevenção e, uma nova pesquisa produzida pela Universida...
21 de maio de 2019
Na última semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou novas recomendações para reduzir o impacto da demência no mundo. Estima-se que até o ano de 2050 chegue a 152 milhões o número de casos, representando um aumento de até três vezes mais se comparado aos dias atuais. Dentre as...
16 de maio de 2019
Se pesquisar a frase "mal do século" em qualquer buscador da internet, não vai ser difícil encontrar uma enorme variedade de páginas mencionando tanto a ansiedade quanto a depressão. Segundo dados divulgados em relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) no ano passado, já são mais de...