Como medida para conter o avanço do coronavírus muitos governantes optaram por medidas de isolamento social, por conta disso, muitas pessoas estão em suas casas, não podendo ver amigos, cônjuges e parentes.

 

Mas e como fica a saúde mental nessa fase? Uma das principais dicas de diversos especialistas é manter uma rotina, porque ela pode ser responsável por manter o equilíbrio mental e emocional nesse momento. Mas outras atitudes também podem ser tomadas. Veja algumas:

 

 Manter contato por vídeo

 

Uma atitude que pode ajudar a matar a saudade e continuar mantendo contato com entes queridos são as chamadas de vídeo. Você pode marcar de, pelo menos uma vez por semana, conversar com as pessoas por vídeo para colocar as novidades em dia, ou podem marcar de fazer atividades juntos, mesmo que a distância, como cozinhar, jogar ou assistir algum show ou filme.

 

Fazer atividades físicas

 

Manter o corpo ativo é importante, a atividade física nesse momento ajuda a manter-se saudável e na liberação de hormônios que demonstram respostas fisiológicas e psicológicas, auxiliando na melhora da memória, concentração e humor.

 

Vitamina D para já!

 

É recomendado para todas faixas etárias tomar sol por pelo menos 20 minutos entre as 10h e às 16h, isso ajuda a manter os níveis de vitamina D e fortalecer o sistema imunológico.

 

 Tudo bem se desconectar

 

É importante manter-se atento a atual situação do país e do mundo em relação ao vírus, mas a alta demanda de informações pode fazer mal e desencadear crises de ansiedade por conta da falta de certezas com o futuro próximo. Então, se for melhor para preservar a saúde mental, desligue-se um pouco das notícias e se entretenha com outras atividades.

 

Continue acompanhando o blog para saber mais informações sobre a Neurologia e Neurocirurgia!