Ainda que haja muitas dúvidas sobre os efeitos que o coronavírus têm no corpo humano, os cientistas têm corrido contra o tempo para trazer respostas sobre essa nova doença.

Diversos estudos apontam que assim como outros órgãos considerados vitais, o cérebro também é afetado em fator da doença, tanto em casos leves, como em casos graves.

Em outubro de 2020, foi publicado um estudo realizado pelo departamento de neurologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em estágio pré-print (sem a chamada revisão dos pares), com dados de voluntários que tiveram covid leves e se recuperaram.

Esses voluntários foram submetidos a exames que constataram alterações no córtex, a parte externa no cérebro responsável pela memória.

Os estudos também mostraram que mesmo após o período de 2 meses do diagnóstico de covid-19, alguns dos pacientes ainda apresentavam sintomas como, dor de cabeça, perda do paladar, fadiga, perda de memória, entre outros.

A perda desses sintomas é considerada pelos especialistas um sintoma neurológico.

Em casos graves, podem surgir alterações sérias que podem causar derrames, convulsões, redução do nível de consciência, entre outras.

De acordo com o pesquisador Daniel Martins de Souza, do Instituto de Biologia da Unicamp, o estudo alerta para que as pessoas continuem tomando as devidas medidas de prevenção à saúde, pois, não tem como saber como seu corpo irá reagir à doença, bem como, as possíveis sequelas.

A Clínica Araújo & Fazzito oferece diagnóstico, tratamento e conta com corpo clínico gabaritado e reconhecido na área!

Conheça nossos serviços! Acompanhe nossas publicações no Instagram e Facebook!